Você está lendo o Diário de Iza.

Seja sempre bem-vindo(a) por aqui.


Este é um blog simples, criado por alguém que adora conversar na Internet. Saiba mais como funciona aqui...


Aqui você encontra:

  • Textos simples escritos como se escreve nas redes sociais.
  • Reflexões e dúvidas sobre a vida, a maioria superadas.
  • Pequenos contos.
  • Rascunhos de poesias.
  • Evoluções de pensamento!
by · 2 comentários:

Da felicidade

No último fim de semana fui visitar uns parentes na zona rural de Piratini. Uma hora e meia de asfalto e mais uma hora e quinze de estrada de chão com terreno todo acidentado.

Tirei várias fotos da paisagem e uma delas me lembrou da Chica, que adora flores.
Flores para a Chica
As outras fotos, guardei num álbum para imprimir. Não coloquei nenhuma delas no Facebook. A frase do título ilustra o que senti quando cheguei em casa e fui conferir o Facebook. Lendo as postagens comecei a sentir muita tristeza e percebi o quanto o Facebook suga nossa energia vital.

Não é preciso deletar a conta. Dá para deixar lá como forma de não perder o contato com pessoas que nos são caras, mas dá para abandonar e ser muito feliz sem conferir as postagem na rede social.

Abaixo, deixo o link de algumas coisas que li sobre o facebook e que fazem pensar:

Read More
by · Nenhum comentário:

Uma dessas bonecas abayomi


Quando fiz 50 anos, ganhei da minha filha uma dessas bonecas abayomi ( que as mães produziam nos navios negreiros para acalmar as crianças naquela viagem infernal)

Ela fez a boneca da barra do vestido dela e me deu, enquanto contava a história para mim. 

Naquele dia eu ( que sou dura na queda para o choro ) chorei muito. 
Chorei pelo significado do presente. 
Chorei por ter me colocado no lugar de todas aquelas mães desesperadas para confortar seus filhos. Chorei por saber que coloquei no mundo uma pessoa com valores tão nobres. 
Naquele dia, minha parte emocional quase derruba minha fama de durona. 💞 💞
Read More
by · Nenhum comentário:

Facebook - usando bem; que mal tem?

Eu penso que o segredo para não enjoar do Facebook é usá-lo por muito pouco tempo. De modo que ele não seja o centro de nossas vidas, mas, apenas mais uma ferramenta de comunicação.

Read More
by · Nenhum comentário:

O Poder da Oração


Como exerço minha religiosidade é algo muito particular para mim. Embora não pertença a nenhuma religião, tenho em mim, todas as religiões do mundo. Todas as que me levem a ser uma pessoa melhor, para mim, e para os que me cercam.

Desde muito nova sentia, que não havia necessidade de estar dentro de um templo, para exercer minha religiosidade. Meu templo é meu Universo, Interior e Exterior. Somente estando fora, dos templos criados pelo homem, consigo ser livre. Livre para compreender, tolerar, perdoar ( o que estou conseguindo há pouco tempo).

Tem um tempo que compreendi o poder da oração.

E não precisa ser a oração inventada pelo homem. Oração que tem poder é aquela em que a gente conversa em silêncio, olhando para dentro do nosso ser. Uma conversa simples. 

Em todas as fases muito ruins da minha vida, notei, que jamais olhava para meu interior em forma de oração, para que as coisas melhorassem. Quando comecei a olhar\pedir\rezar\agradecer, as coisas foram mudando, melhorando.

Mesmo que eu não fale sobre religiosidades nas redes sociais ( e também não fico falando em público porque se torna chato ) em todos os meus atos procuro me ligar ao que há de mais divino.

A Oração (simples e voltada para o nosso íntimo ) exerce um poder enorme em nossas vidas, Assim como a gratidão, o amor e a tolerância.


Read More
by · Nenhum comentário:

Olhar a vida e a Internet como um filme que passa

Eu acordei pensando: se a gente olha a vida como um filme que passa, com a Internet deveria ser a mesma coisa.


Read More
by · 2 comentários:

Ano Novo - Renovação

Dia desses, compartilhei no Facebook uma postagem sobre o Toc que tenho. Uma amiga deixou um comentário bem legal. Antes disso, outra amiga já tinha deixado comentário tão animador quanto. Fiquei muito feliz! 😊

Não é novidade para quem me conhece que eu venho, a cada ano, tentando em mim um processo de renovação. E por isso é Ano Novo todo dia que eu acordo. Uma das coisas, das quais me fazia muito mal era essa minha incapacidade de perdoar. Penso que estou conseguindo algum progresso.

No último dia trinta, minha irmã perdeu uma amiga. Foi de uma hora para outra. Marido e filhos ficaram desolados. O que eu consigo compreender disso é que a vida é muito frágil e que devemos aproveitar o máximo, viver tudo o que dá para viver, amar tudo o que dá para amar, perdoar tudo o que dá para perdoar.
Read More
by · 2 comentários:

Quando você olha para uma árvore


Quando você olha para uma árvore e percebe a calma da árvore, você também se acalma. Você se conecta a árvore num nível muito profundo. Você sente uma unidade com tudo que percebe na calma e através dela. Sentir a sua unidade com todas as coisas é amor. 

Eckhart Tolle
Read More