Você está lendo o Diário de Iza.

Seja sempre bem-vindo(a) por aqui.


Este é um blog simples, criado por alguém que adora conversar na Internet. Saiba mais como funciona aqui...


Aqui você encontra:

  • Textos simples escritos como se escreve nas redes sociais.
  • Reflexões e dúvidas sobre a vida, a maioria superadas.
  • Pequenos contos.
  • Rascunhos de poesias.
  • Evoluções de pensamento!
by · 2 comentários:

Assistindo Django

Estou querendo voltar a assistir TV. Tem mais de cinco anos que perdi o hábito. 

Em Pelotas eu assinava Via Cabo. Por aqui não existe muitas ofertas de TV por assinatura. Não existe TV por cabo. Somente por satélite. E tudo é muito caro. 
Estou vendo o que faço, pois não nem as Tvs de canal aberto funcionam direito nesta cidade. É Globo ou SBT. Uma chatice.

Para assistir a um bom filme temos que recorrer às locadoras.
Filha passa locando filmes e ontem decidi assistir junto com ela o filme Django.

Eu não sabia que no filme tinha tanta cena que ia abalar minha sensibilidade. Não gosto de olhar coisas assim. Me dá uma aflição enorme e começo a lembrar de todas as coisas que aconteceram em séculos anteriores.

Nem assisti ao filme inteiro. Fui dormir. Dormir e sonhar é sempre o melhor filme para mim.

Read More
by · Um comentário:

Energias Virtuais


Quem ( como eu ) sofre de intensidade, deve escolher muito bem os caminhos a percorrer na Internet. Se não nos é possível, no mundo cotidiano, evitar os caminhos tortuosos e as energias negativas, ao menos na Internet dá para ler, tanto textos mais felizes quando imagens mais animadoras.

Existe pessoas que sabem, mesmo falando de assuntos mais sérios e ou complicados, colocar as palavras de modo que as mesmas não liberem em nós uma sensação de angústia ao término da leitura. 

Não quero dizer, com isso, que deveríamos fugir da realidade e fazer de conta que o mal não existe. Exemplos de que o mal existe já nos basta o cotidiano.

Eu acredito que, no virtual, as pessoas podem sim liberar energias que adoecem a gente. Tais energias, penetram exatamente naquelas pessoas, como eu, que sofrem de intensidade.


Já li e escrevi muita coisa de forma muito negativa, pesada. Já me contaminei com a minha energia virtual negativa e fui contaminada pela energia virtual negativa de outros tantos que lia por aí.

O leitor pode até pensar que me tornei uma pessoa positivista. Não. Sou realista. E sendo realista tenho pensando no tipo de energia virtual que pretendo liberar na Internet; bem como, no que pretendo absorver.

Na Internet é bem melhor transitar pelo lado mais feliz. O lado dos que sabem como colocar as palavras. E, como colocar as palavras, é algo que eu também tenho que aprender. Exatamente por causa desse meu lado racional e realista.
Read More
by · 2 comentários:

Depois de mim

Desde que voltei para cá me sinto mais segura. Mais determinada e muito mais amadurecida. Consigo lidar melhor com os fatos do cotidiano e tenho com quem conversar sobre os fatos mais íntimos da minha vida.

Meus irmãos são as pessoas mais chatas que conheço. Mas estão entre as pessoas que mais amo na vida. Tudo para eles é festa e brincadeira. E não me deixam em paz. Não me deixam ter as crises existenciais que tinha quando me sentia sozinha naquela outra cidade.

A gente pode até discutir num dia, mas no outro já estamos rindo e brincando com a situação.

Agora eu tenho uma casa na cidade e outra no campo. Tudo que eu sempre quis. Adoro estar entre as árvores e os animais.
Antes eu só conseguia ser feliz por fora. Agora também consigo ser feliz por dentro.
Eu adoro blogar, mas começo dizendo que não tenho mais o mesmo tempo que tinha para ficar na Internet. Se antes eu tinha somente a Internet como forma de lazer, hoje, vejo o quanto é difícil para mim estar conectada. 

Então, quanto mais simples for meu bloguinho, tanto melhor para mim. 
Read More