Postagens

Significado da palavra amizade e os padrões da sociedade

Sempre foi muito difícil para mim me adequar aos padrões estipulados pela sociedade. Um deles é sobre o significado de Amizade.
Para a maioria das pessoas, ser amigo ou amiga é estar sempre juntos, numa cumplicidade eterna e, muitas vezes, é quase como um casamento com a pessoa sem a parte do relacionamento sexual.
Para mim, amizade tem um sentido muito amplo. Tão amplo que basta que eu tenha me encontrado uma única vez com a pessoa e, nessa única vez, seja pessoalmente, através de blog, rede social, trabalho, enquanto estudante ou numa esquina da vida, tenha trocado palavras de solidariedade, experiências de vida ou estabelecido uma fraterna relação de afeto.
Talvez isso signifique um pouco de individualismo da minha parte. Principalmente o fato de não ser muito chegada a fazer visitas ou ser visitada pelas pessoas. Mas é uma forma de preservar a amizade. 
Somos como pequenos planetas dentro desse planeta Terra. Cada um de nós com sua individualidade e são bilhões de individualidade…

Estamos todos, em algum nível, adoecendo de ódio.

O texto abaixo, encontrei no Facebook e, é tão como sinto que resolvi reproduzir aqui.

Maria Gabriela Saldanha


Estamos todos, em algum nível, adoecendo de ódio. Nas redes, adoecemos com as notícias, adoecemos por escrito. Talvez só os memes guardem um determinado nível de sanidade. Precisamos redescobrir alguma literatura. Quem sabe deixar que o silêncio reencante as conversas, para reencantar os olhares, para reencantar abraços, gradativamente.

O Facebook é o lugar do ódio, o Sarahah é o lugar da covardia, o Instagram é o lugar da inveja, o Twitter é o lugar do deboche. Vivemos todas as emoções tóxicas possíveis sem que ninguém saia de casa. O mundo nos envenena no sofá.

Ninguém sabe se o caminho é sumir, se o caminho é lutar, se o caminho é fingir lutar porque essa é a moda que impera em meio às subjetividades. Estamos todos perdidos, afogados em opiniões, alimentando a demanda por informação, esperando o like, tentando fazer justiça, sonhando destruir o Congresso, sem desligar a me…

Choque de realidade

Imagem
Um blog não é uma rede social mas, quando se quer escrever de um modo mais profundo o blog sempre é uma das melhores opções.

Milhares de vezes já pensei em acabar com o blog. Viver apenas e não escrever mais. Nesses dias descobri que: ou eu falo ou eu escrevo e se não puder fazer nenhuma das duas coisas, me sufoco e enlouqueço.
Gosto das coisas muito bem explicadas e em tudo fico procurando uma certa lógica. Daí não consigo conviver com aquilo que é artificial.

O que tem me tirado o sono é essa sensação de injustiça e impunidade que reina em nosso país. O pior é que me parece que cada um tem uma visão diferente do que rola por aqui.
Eu gostaria tanto de ler as notícias assim como elas são, sem ninguém inventando para se encaixar na forma como pensam? O jornalismo não teria que ser isento é imparcial? Existe algum jornalista imparcial?
A mim parece que todos estão maquiando a verdade.

Sem problematizar tanto

Imagem
Acordei agora. Barulho de chuva. Chuvinha fina e fria aqui no RS.
Todos ainda dormem. Eu apoio o celular num braço e com a outra mão começo a escrever aqui. A temperatura caiu uns cinco ou sete graus. Hoje está bom para estar na beira da lareira.

Queria contar que, agora, estou olhando mais TV e ontem olhei duas novelas. A última novela que assisti foi Alma Gêmea, daí entrei na faculdade e nunca mais assisti outra.
Estou acompanhando a minissérie Os dias eram assim. 
Lembro do quanto a gente tinha esperança naquela época. Foi um sonho que se perdeu.
Tem dias em que dá vontade de não problematizar nada. Ficar apenas levando uma vida normal, como todo mundo, sem aprofundar muito. 






Sobre borbolisas e como navegam pelo mundo...

Imagem
São três da  manhã. Estou muito inquieta. O que acontece no País me aflige e desespera. Sinto que não tenho condições de falar sobre o assunto política, na Internet.

Gosto muito de falar sobre o política, mas não aguento as baixarias, as mentiras, as falsas notícias... o desespero para salvarem-se uns e outros; a guerra pelos projetos de poder...

Não está nada bem. A insegurança no Brasil é enorme. Tenho muito medo que surja uma grande guerra civil do tipo: os anti-isso contra os anti-aquilo.

Eu sou uma borbolisa. Borbolisas navegam por aí pregando a paz, não a guerra.
Dia desses, eu que nem tenho religião e observo as religiões como rituais sagrados para as pessoas que a praticam, me peguei olhando um folhetinho com a imagem dessa santa que estava em cima da mesa.
Na hora deu uma vontade de pedir a ela que nos ajudasse, aqui neste país, para que a tranquilidade se estabeleça e a gente não venha a sofrer ainda mais com essa confusão toda nas instituições da República.

Entre nós, já n…

Primeira postagem pelo celular

Imagem
São seis da manhã, estou aqui tentando, pela primeira vez, escrever no blogger pelo celular. Se der certo, a postagem direto do celular,  as mensagens aqui, serão muito mais espontâneas. Não dormi muito bem nessa noite.
Primeiro, deitei espirrando e acordei com a garganta irritada.
Segundo, fiquei inquieta, pois, antes de dormir, soube que nossa cidade não está mais tão calma quanto antes. Agora, é preciso trancar as portas cedo. Antes, até de janela aberta se dormia. Eu me sinto um pouco cansada.  Cansada de tentar interpretar esse mundo. Me parece que ninguém se entende mais e que todos queremos que nossa opinião prevaleça.  Tem vezes em que me dá vontade de simplesmente ignorar toda e qualquer notícia. Viver numa espécie de Mundo das Maravilhas - Paralelo.
Depois volto aqui.  Vou fazer um chá com limão para ver se curo esse resfriado. É que esfriou muito aqui no RS. Eu resolvi continuar com o mesmo avatar. Esse avatar tem muito a ver comigo. O blogger melhorou muito o painel de p…

Batalha por Projetos de Poder

Imagem
Dizem que numa guerra, a primeira vítima é a verdade. E no Brasil estamos vivendo uma verdadeira batalha por projetos de poder.
A maioria tem uma opinião formada sobre o que está acontecendo e existe uma batalha enorme, na Internet, para convencer de sua opinião, a qualquer preço.
Noto que muitos, como eu, repetem opiniões já prontas lidas aqui e ali.
Eu sempre fui muito esponja para absorver ditos por pessoas que estimo. Recém estou aprendendo a ser filtro. Por isso, passei a preferir ler menos e comentar menos sobre temas políticos nas redes sociais.
O curioso é que, apesar de tudo que o partido que estava no poder já apanhou, noto que entre meus conhecidos há uma grande inclinação para o retorno ao poder, do partido dos trabalhadores.

Da minha parte, sempre gostei de trocar, no sentido de que se dê a todos os partidos, a possibilidade de governar. Cada um governaria um pouquinho, daí a gente via quem governava melhor.